Cidade

Juan Villa, dono do hospital Prontocord, morre de infarto fulminante

By  | 

O cardiologista, um dos fundadores do Prontocord, espanhol de nascimento e amazonense de coração Juan Vila Beneyto, 75, morreu de um infarto fulminante na madrugada deste sábado (17).

O reconhecido médico passaria por uma cirurgia hoje, para vascularização no coração, mas teve um ataque fatal. Segundo sua esposa, Sandra Maria Marinho Vila, 68, Juan estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital há quatro dias e havia realizado todos os procedimentos para o procedimento cirúrgico de hoje.
Infarto agudo

“Ele sentiu uma dor no peito e entrou em infarto agudo. A equipe médica fez todos os procedimentos e manobras possíveis, mas ele não resistiu”, disse Sandra, acrescentando que sua morte será uma perda irreparável.

Pai de três filhos, todos médicos, Juan Vila tinha tido um mal estar no consultório e no mesmo dia foi internado na UTI. “Ontem estive com ele, ele estava feliz, alegre, esperando a cirurgia. Reunia os funcionários para tranquilizar a todos. Infelizmente o infarto foi fatal”.

O casal estava junto há 50 anos, entre casamento e namoro. Fundador do Prontocord, Juan Vila se formou em Medicina em 1974 pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Esporte

Um dos pontos fortes de sua personalidade era a paixão pelo esporte, tendo muitos esportistas amigos. Ele torcia pelo Fast e tinha muitos atletas e dirigentes amigos na natação. Juan Vila era filho de cardiologista.

O velório será realizado a partir das 9h30, na funerária Canaã, na rua Major Gabriel.

Originalmente publicado em: Portal do Marcos Santos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *